Aplicações OpenSource para Contabilidade

Aplicações OpenSource para Contabilidade

portal_admin No Comments

pwt-opensource-aplicacoes-contabilidade-principal

Salve, salve Trenders!!!

A Contabilidade é muito dinâmica e depende de normativas e leis portanto ter um sistema contábil open source e atualizado é algo um tanto quanto complexo, portanto vamos listar as opções aqui mas não podemos garantir que estão alinhadas com a legislação atual e nem se um dia estarão. Mas por outro lado é um bom ponto de partida.

Os sistemas de ERP open source abrangem boa parte dos serviços de contabilidade e iremos mostrar alguns aqui também já que a contabilidade está muito alinhada com a administração da empresa. Fiz uma ampla pesquisa pela internet em busca de soluções open source para a área contábil e meus resultados foram parcos, não encontrei muita coisa que ainda fosse útil, para falar a verdade o único sistema específico que encontrei é o primeiro de nossa lista e mesmo assim não é dos mais funcionais. Fora isso teremos sistemas de gestão integrados ai sim estaremos em um universo mais vasto, o dos ERP’s Open Source e um dos melhores e que sempre figuram entre os Top 10 é o que usamos aqui em nossa empresa. Isso mesmo a Powertrend é especialista em sistemas Open Source, Linux e soluções que rodem nesse ambiente. Ah quase me esqueci o sistema ERP adotado por nossa empresa é o Dolibarr ERP.

Eqonomize

Um sistema mais focado na gestão de contas, bem simples e para uma empresa de pequeno porte que necessite apenas de um controle de contas ele é o mais indicado.

Dolibarr ERP

Dolibarr vem com tudo que um ERP precisa, incluindo contabilidade, CRM, RH e módulos de estoque. Se você precisa de um software para melhorar e controlar a gestão de sua empresa o Dolibarr é perfeito e ainda oferece aplicativos através do Dolistore. E você também pode criar o seu próprio, se tiver uma equipe de desenvolvimento interna.

Devido à sua popularidade, Dolibarr é atualizado constantemente e tem um fórum de usuário muito ativo para solução de problemas e discussão geral.  E está disponível em Português do Brasil.

O Dolibarr é uma ótima opção para empresas com equipes de tecnologia internas e aquelas que querem fazer parte de uma comunidade maior de ERP.

Caso queira é possível usar o Dolibarr na nuvem e a Powertrend pode te ajudar fazer isso disponibilizando para sua empresa uma instância completa do sistema e de uso privado apenas para a sua empresa, entre em contato, teremos prazer em apresentar a solução.

ERPNext

O ERPNext é uma solução de código aberto com visual muito moderno. O ERPNext é projetado para pequenas e médias empresas (SMBs) e é apresentado como uma série de aplicativos. Todo o sistema é projetado para os menos técnicos entre nós, o que é ao mesmo tempo uma bênção e uma maldição. Tem opções de uso via SaaS com preços que começam em $70,00/mês, mas também em versão para uso em uma virtual machine, mas caso sua equipe disponha de técnicos em desenvolvimento de sistemas pode também ser instalada em um servidor LAMP.

iDempiere

O iDempiere, como a maioria dos programas de código aberto, conta com o suporte da comunidade para solução de problemas. As empresas também podem solicitar especialistas com experiência na iDempiere. O software fornece praticamente tudo que um ERP poderia, incluindo planejamento de produtos, gerenciamento de depósito e folha de pagamento, entre muitos outros.
Embora exija mais configuração do que algumas das outras opções nesta lista, o iDempiere é uma das opções de software livre mais robustas disponíveis.

Odoo

Odoo oferece um aplicativo gratuitamente para usuários ilimitados quando hospedado on-line, e adicionar aplicativos adicionais normalmente o levará de US $ 12 / mês a US $ 72 / mês, dependendo do aplicativo. No entanto, se você instalar e manter o software em casa, o Odoo é totalmente gratuito. A distinção de Odoo é que todo o sistema gira em torno de uma coleção de aplicativos. O software tem aplicativos para cobrir tudo, desde armazenamento, fabricação e canais de vendas até planilhas de horas, sites e compras.

Considerações Finais

Existem outras opções mas essas efetivamente ainda matêm opções para download e para instalação local e ou em uma hospedagem normal de internet. É isso apenas para mostrar que temos sim opções que custam pouco para informatizar seu pequeno ou médio negocio, no jargão contbil SMB’s. Espero que tenham gostado e lembrem-se a Powertrend é especialista em sistemas Open Source, podemos ajudar a sua empresa a se tornar uma empresa digital conte conosco!

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

Servidores de Email com Linux

portal_admin No Comments

pwt-blog-opensource-servidores-email-principal

Salve, salve, Trenders!!!

Atualmente temos duas grandes opções de servidores de e-mail para linux o Postfix e o Zimbra. Se você tem uma empresa de porte médio e quer ter controle sobre as regras de seus emails a opção está aqui, pois o custo beneficio é enorme. Vamos falar um pouco de cada um deles suas características mas não entraremos no detalhe da configuração e instalação não é esse o objetivo do post. E vamos abordar também a opção de se ter uma hospedagem com domínio próprio e poder usar um email com o nome do seu negócio e não um @gmail ou @hotmail da vida ok?

Vamos começar falando dos servidores de email.

Postfix

Solução de e-mail open source criada em 1997 e patrocinada pela IBM, o Postfix se tornou uma das preferências quando o assunto é servidor de e-mail.

Devido as suas características técnicas como maior robustez, melhor desempenho e maior facilidade na manutenção e configuração, o Postfix se tornou uma alternativa ao Sendmail (outro servidor de e-mail Linux).

Outra característica importante está em sua arquitetura modular, onde diversos componentes são os encarregados pelo funcionamento do sistema. Esta característica tende a facilitar a manutenção do código e a implementação de novas funcionalidades, além de agregar maior segurança.

Zimbra

Ferramenta de e-mail que utiliza recursos e código-fonte provenientes do Postfix. Atualmente ela conta com uma versão open source e uma versão comercial sendo a última com suporte aos clientes por meio da Zimbra Network, disponibilizando componentes de código fechado para conexão com o Microsoft Outlook para sincronismo de agenda.

Vale lembrar que o Zimbra é muito mais do que uma ferramenta para criação de servidores de e-mail, ela possui recursos de colaboração e compartilhamento de arquivos em nuvem. Desta forma, essas características devem ser levadas em consideração na hora de escolher o sistema para a montagem do seu servidor de e-mail.

Montar o próprio servidor de e-mail pode ser muito vantajoso para uma empresa que passará a ter total controle sobre as configurações e operações nesta ferramenta.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

Opinião sobre SaaS

portal_admin No Comments

pwt-blog-saas-principal

Salve, salve Trenders!!!

Hoje vamos falar um pouco de SaaS, o que é? E como isso pode me beneficiar? Bom vamos ver então.

Primeiro a definição das letrinhas né? SaaS quer dizer Software as a Service, em bom português simplesmente Software como Serviço entendido? Não? Tá bom, vamos um pouco além dessa parca definição, vou usar um exemplo e tenho certeza que muita gente já usa a um tempão e talvez não soubesse. Por acaso você tem um e-mail do Gmail? Yahoo? Hotmail? Pois é pasmem vocês já usam SaaS!!!! Quando você usa o seu Firefox, Internet Explorer, Google Chrome e ou qualquer outro browser de navegação web, para se conectar a sua conta de email você acabou de usar um serviço na web, logo um SaaS, agora sim hein? Mas o SaaS só serve pra isso? Absolutamente não, vou destacar algumas aplicabilidades dessa fantástica forma de usar Software.

Um dos pontos fortes de se usar um Software como Serviço (SaaS) é o fato de não ser necessário instalar nada localmente, nem atualizar ou manter hardware e outros que envolvem a infraestrutura mínima para o sistema funcionar. Você pode por exemplo em minutos ter um ERP e um CRM para a sua empresa apenas criando uma conta em um dos serviços disponíveis na web, e mais já pensou em ter um e-commerce SaaS? Pois é existe um chamado E-Channel que é muito simples de ser usado e faz da sua empresa uma verdadeira empresa .com.

Nesse modelo, normalmente você não tem compromisso financeiro fixo, paga apenas pelo que usar, normalmente os softwares clientes são gratuitos nesse modelo, sua equipe fica mais conectada e mais forte já que todos tem acesso on-line a tudo de qualquer lugar.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

Falando sobre Laravel

portal_admin No Comments

pwt-blog-laravel-principal

Salve, salve, E-Trenders!!!

Bora falar de um framework muito bom, que vai te trazer uma produtividade incrível. A muito tempo atrás eu fui apresentado a um tal de Ruby on Rails, achei fantástico, pela facilidade de se criar código de forma padronizada, estruturada e muito rápida. Passado alguns anos, precisei pensar em uma arquitetura para desenvolvimento dos produtos aqui da PWT e acabei sem querer esbarrando num tal de Laravel. Que ótima surpresa que foi, acabei descobrindo que o Laravel usa exatamente o mesmo conceito do Ruby on Rails e com um atrativo para PHP.

Mas o que o torna tão especial? Além do fato de ser um framework de código aberto? E para uma das linguagens de programação web mais usadas no mundo? E de produzir códigos extremamente bem estruturados e organizados? Quer mais? Sim claro tem mais afinal o slogan desse framework é:

“O framework PHP para artesões da web”

Então vou apenas citar alguns pontos fortes do Laravel e claro se quiserem sempre podemos debater o assunto aqui no próprio post ou dependendo podemos até criar um post especifico do assunto. Não vou detalhar os itens certo? Mas vocês já sabem, comentem! Vamos lá!

  • Composer;
  • Documentação;
  • Sistema de Rotas;
    • Parâmetros de rotas;
    • Restrições de parâmetros com expressões regulares;
    • Agrupamento de rotas (prefixo, subdomínio, namespace, middleware);
  • Blade (Sistema de Templates);
  • Eloquent e QueryBuilder;
  • Artisan Console;

Considerações Finais

Este post foi só pra você ter uma pequena ideia do que é usar esse poderoso framework para desenvolvimento com PHP, é realmente surpreendente o ganho de produtividade, ele realmente afasta a monotonia do desenvolvimento WEB e transforma você num verdadeiro Artesão.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

pwt-blog-banco-de-dados-mariadb-destaque

MariaDB usar ou não em meus projetos?

portal_admin No Comments

pwt-blog-banco-de-dados-mariadb-principal

Salve, salve Trenders!!!!!

Vamos elucubrar um pouco sobre essa questão, já que tenho visto muita dúvida a respeito. A resposta na minha opinião é que sim podemos usar em nossos projetos, até mesmo porque já tenho notado um movimento dos provedores de hospedagem indo nessa direção e algumas distribuições linux também estão adotando o banco de dados como sendo o padrão.

Mas afirmar que ele um dia também pode vir a ser vendido para uma grande fabricante de software privada é um erro, existe sim e sempre existira essa probabilidade, porém não precisamos deixar de usa-lo só por causa disso, a intenção do se criar um fork do MySql foi para justamente manter e garantir que esse banco de dados sempre será open source e de código livre e aberto, já que há um receio dos criadores da versão MySQL

E vocês o que pensam sobre o assunto? Vamos elucubrar juntos?

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

Aplicações Open Source para Odontologia

portal_admin No Comments

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-principal

Salve, salve Trenders!!!!

Bem já sabemos que podemos ter serviços profissionais em nossa empresa usando tecnologia Open Source, como por exemplo um servidor de arquivos, gastando muito pouco. Hoje vamos ver se temos opções para um mercado especifico como o de odontologia por exemplo.

Em minhas pesquisas achei duas boas opções pode ser que existam mais, mas essas eu realmente acho que são boas opções. O GCO Smile e o OpenMolar, o primeiro é web e feito em PHP, o segundo é Desktop desenvolvido em Python, vai depender da sua estratégia, atualmente a facilidade de acesso via web sempre fala mais alto, mas caso sua clinica não tenha por exemplo um provedor de hospedagem e nem internet, você pode usar um sistema em um pc sem rede nenhuma.

Não é um post de avaliação do software, até podemos fazer isso em um post futuro dependendo da reação da galera, é um post de apresentação de opções então vamos lá.

Openmolar

É um sistema que pode ser usado como cliente servidor e como desktop apenas em uma máquina, roda em sistemas operacionais open source e em pagos vai do seu gosto, pois é desenvolvido em Python logo pode ser instalado em qualquer sistema operacional. Vou destacar aqui as principais características do sistema.

Ele é estruturado basicamente em uma parte de administração e uma parte operacional.

A parte operacional permite que você trate as informações do seu paciente, como dados pessoais, tipos de tratamento, notas sobre os tratamentos, planejamento do tratamento, emails, faturamentos.

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-openmolar-client-1

A parte Administrativa é como o nome sugere um painel administrativo da aplicação, ou seja, onde inserimos os parâmetros de configuração de nosso sistema. Esse painel tem opções avançadas para administrar seu software, como acessar o banco de dados, configurar novos bancos, consultas avançadas e exportações para arquivos Excel e cvs por exemplo

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-openmolar-adm-1

Não vou me aprofundar isso pode ser feito sob demanda se nossos leitores solicitarem por comentários vamos fazer um review completo do sistema. Se quiserem se aprofundar um pouco mais segue o link do site oficial.

Gerenciador Clínico Odontológico Smile

O Gerenciador Clínico Odontológico Smile é um sistema de plataforma WEB e pode ser acessado de qualquer lugar bastando apenas uma conexão com a internet o que por si só já é ótimo. Foi desenvolvido com tecnologia PHP então é leve e roda em qualquer plano de hospedagem que permita um banco de dados MySQL e tenha o Apache.

Os objetivos primários são:

  • Proporcionar um bem-estar e conforto para os proprietários e dentistas de clínicas odontológicas;
  • Gerar um sistema de gestão para administrar a clínica odontológica;
  • Agregar maior número de clientes as clínicias odontológicas parceiras;
  • Gerar conforto e tranquilidade para os usuários e dentistas das clínicas;
  • Diminuir custo administrativo e gerencial para as clínicas;
  • Criar uma rede de clínicas odontológicas de referência no Brasil.

Suas principais características são?

  • Gerenciar dentistas;
  • Gerenciar pacientes;
  • Gerenciar funcionários;
  • Controle de patrimômio;
  • Agenda por dentistas;
  • Livro caixa geral da clínica e por dentistas;
  • Gerenciar contas a serem pagas;
  • Gerenciar fornecedores;
  • Gerenciar telefones úteis;
  • dentre outros;

Algumas telas do GCO Smile:

Tela de Login

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-smile-tela-de-login

 

Tela de Gerenciamento da Agenda

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-smile-agenda

 

Tela de Gerenciamento de Pacientes

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-smile-gerenciar-pacientes

 

Tela Principal

pwt-opensource-aplicacoes-odonto-smile-tela-principal

Se desejar aprofundar um pouco mais sobre o sistema segue o link do site ofical www.smileodonto.com.br.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

pwt-blog-opensource-servidor-arquivos-destaque

Servidores de Arquivo com Debian

portal_admin No Comments

pwt-blog-opensource-servidor-arquivos-principal

Salve, Salve Trenders!!!!

A nossa intenção é mostrar que é possível sim ter uma infraestrutura  corporativa seja pequena, média ou grande baseada em tecnologia open source. E sim temos profissionais no mercado que podem ser contratados para fazer o serviço e temos empresas no mercado que podemos contratar para executar e manter a infraestrutura de sua empresa funcionando a um custo menor que o custo que teria no caso de uma infra com software proprietários e que cobram licenças.

Vou tentar mostrar alguns custos de um servidor Windows Server em sua empresa e depois vou tentar comparar com um servidor Open Source antes mesmo de apresentar alguns motivos para você sobre essa implementação. Claro que temos sempre vários caminhos/cenários, mas vamos imaginar um cenário simples, onde teremos a implementação em uma empresa de pequeno porte e que ainda não disponha desse recurso.

Servidor Windows 2012 (Valores com base no dolar de nov/dez/2017)

Licença:

Microsoft Windows Server 2012 Standard R2 => R$1.200,00

Cals:

A Licença acima já lhe trás algum direito de acesso mas caso você precise escalar porque sua empresa cresceu, você terá que comprar as CALs adicionais abaixo, especificamente para o ambiente que estamos montando.

CAL de acesso por usuário para Windows Server (SKU R18-05123) R$204,73;
CAL de acesso remoto (RDS) por dispositivo para Windows Server (SKU 6VC-03222) R$475,17;
CAL de acesso remoto (RDS) por usuário para Windows Server (SKU 6VC-03224) R$617,46;

Custo de Mão de obra para a instalação e configuração do ambiente

Valor hora/homem => R$75,00 (Esse valor pode variar e muito tanto para cima quanto para baixo).

Custo de aquisição de um servidor

R$ 2.800,00

O mínimo especificado pela Microsoft como sendo requisitos mínimos para instalação do Windows server 2012 não atende ao nosso cenário, então vou colocar uma especificação mínima sugerida para esse cenário.

Processador

  • ML30 Gen9 Intel® Xeon® E3-1220v6
  • 3.0GHz
  • 4-core
  • 8MB
  • 72W

Memória

Minimo 8GB

Baia para discos padrão

(4) discos LFF Non-Hot Plug (NHP)

Disco Rígido

Minimo 1TB 6G SATA 7.2K rpm

Gerenciamento

Essa interface vai depender do fabricante do servidor que você vai comprar (Mas é necessária)

Placa de rede

Minimo 1 Ethernet 1Gb 2-port NC332i Adaptador

Controladora de disco

(1) B140i/Cache zero, suporta RAID 0/1/1+0/5 (Suporta SATA)

Unidade Óptica

(1) Depende do fabricante;

Fonte

Vai depender do fabricante;

Claro que não vou abordar as questões técnicas envolvidas para esse tipo de servidor, como por exemplo a necessidade de no mínimo 2 discos para o RAID. A ideia é mostrar apenas o custo básico.

Agora vamos fazer as contas

Servidor Windows

Somando todos os valores acima para se ter uma infraestrutura básica para esse cenário usando o Windows você teria um custo inicial de:

 – Levando em consideração que o técnico levaria 168 horas para executar o trabalho;

Custo Total do Projeto seria: R$ 17.217, 46 (Não incluso serviço de manutenção e nem as renovações e updates de versões). Para a maioria das empresas de pequeno e médio porte esse valor inviabilizaria a criação de um servidor de arquivos certo?

Bom agora vamos dar uma olhada nesse custo usando tecnologias Open Source:

Servidor Open Source

Para a mesma função você poderia usar um servidor muito mais barato e pode ser que você já até tenha uma máquina que suporte as funções de servidor de arquivos em linux mais especificamente com Debian e Samba4.

Licenças R$0,00

Servidor usado com dois discos de 1TB R$500,00 (Que irá suportar bem o mesmo que o servidor acima irá suportar);

Valor hora/homem => R$75,00 (Esse valor pode variar e muito tanto para cima quanto para baixo);

Tempo de execução do projeto 80 horas;

Total do projeto Open Source

R$ 6.500,00.

Caso se consiga executar o projeto com Windows server mais rápido esse comparativo de custo pode diminuir claro, mas no caso do servidor Open Source você chegou de fato ao final do custo de projeto. Se incluirmos em ambos um contrato de manutenção e ou um profissional para ficar dedicado ainda sim o custo do projeto em Open Source será consideravelmente menor.

É isso ai pessoal, não tenho a intenção de mostrar o que é o melhor ou não, pois isso depende de seu cenário, mas sim, mostrar que existe um caminho mais viável via Open Source.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

pwt-blog-java-versus-php-destaque

Opinião sobre Java e PHP

portal_admin No Comments

pwt-blog-java-versus-php-principal

Salve, salve Trenders!!!!

E hoje um assunto polêmico, sim porque não?

Aqui na Trend, optamos pelo PHP, por uma série de fatores, mas o principal foi sem dúvida a versatilidade da linguagem sua leveza e claro a disponibilidade de profissionais que temos atualmente no mercado que têm domínio nessa linguagem.

Mas vamos ao que interessa vamos colocar os pontos e discutir abertamente aqui neste post sobre as duas linguagens está lançada a discórdia kkkkkkkkkk!

Minha opinião é que o Java que foi muito usado e amplamente difundido nos últimos anos perdeu espaço, isso mesmo, acho que perdeu, mas tenho meus argumentos e sei que eles não são os únicos por isso resolvi fazer esse post quero mesmo ver a opinião de todos e quem sabe até mudar a minha opinião afinal quem não está aberto a mudanças acaba sendo atropelado pela mudança hehehehehehe.

Vamos aos argumentos na verdade até mesmo eu já preteri a linguagem, desculpem mas é a verdade, mas a partir do momento que a regra do jogo mudou e começamos a caminhar para a nuvem eu fui obrigado a rever meus conceitos e é por isso que eu digo que mudar é preciso ainda mais que navegar. Mas na prática hoje para atender a um projeto na nuvem com Java é praticamente impossível os custos são quase proibitivos, isso mesmo não é que a linguagem seja ruim é que não dá pra ir pra nuvem de Java. Já em PHP podemos navegar entre corporativo e nuvem facilmente.

E essa não é a única razão temos ainda a evolução do PHP7 e o muito bom framework de produtividade Laravel que transforma a linguagem em um verdadeiro code machine. Pois bem agora que atei fogo vamos abrir para a conversa.

Deixem seus comentários vamos enriquecer nosso conhecimento e lembrem-se não é uma briga apenas um bate papo ok?

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

Falando sobre PHP

portal_admin No Comments

pwt-blog-php-principal

Salve, Salve Trenders!!!!!

Hoje vamos iniciar o bate papo sobre PHP, como de costume um post rápido e quando necessário incluiremos mais material de mídia para download ou para assistir no nosso canal no youtube.

PHP

A definição está no site oficial do PHP e vou apenas colocar aqui na integra tal qual está lá.

“O PHP (um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor) é uma linguagem de script open source de uso geral, muito utilizada, e especialmente adequada para o desenvolvimento web e que pode ser embutida dentro do HTML.”

Bem essa é a definição mas eu tenho opinião formada a respeito, é uma linguagem que aqui no Brasil, pelo menos a meu ver, foi preterida por muito tempo e que hoje está ganhando um novo impulso. Mas porque? Só agora? Bem não é mais apenas uma questão de ser robusta ou não e sim uma questão de aplicabilidade em projetos práticos. A maior parte das aplicações WEB hoje em dia são projetadas para a nuvem, seja ela pública, privada ou híbrida. E nesse caso minha opinião é taxativa o PHP é sempre considerado em qualquer projeto de software web atualmente, claro que temos outras opções, mas não vou falar sobre elas hoje ok?

E vocês? O que acham do PHP? Usariam?

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!

pwt-blog-banco-de-dados-destaque

Qual Banco de Dados usar em um projeto?

portal_admin No Comments

pwt-blog-banco-de-dados-principal

Salve, Salve Trenders!!!!

Vamos falar um pouco de banco de dados, mais especificamente qual banco de dados devo usar em um projeto?

Bem essa pergunta não tem uma resposta certeira, mesmo porque você terá que analisar uma série de requisitos técnicos e financeiros antes de decidir qual será o seu banco de dados na aplicação.

Vamos pensar em um cenário hipotético para ajudar no nosso raciocínio. Digamos que tenhamos que construir uma aplicação que tenha como premissas:

– Rodar em nuvem;

– Em servidor compartilhado ou de poucos recursos;

– Orçamento dentro da realidade para o desenvolvimento da aplicação;

– Tamanho da aplicação seria médio uns 80 P.F (P.F = Pontos de Função);

Agora acho que temos algo para pensar sobre a aplicação, porém não se esqueçam não vamos falar da aplicação em si, mas do banco escolhido para esse desenvolvimento. Portanto vamos responder as perguntas acima:

Primeiro rodar na nuvem

Qual tipo de nuvem? Pública? Privada? Híbrida? Bom vamos analisar o cenário mais complexo no caso dessa aplicação, digamos que seja em nuvem pública, por questões financeiras e administrativas. Nesse caso já teríamos algumas restrições a levar em conta serião elas:

Esse provedor disponibiliza quais tipos de bancos de dados? Eu tenho acesso a instalação e configuração desse servidor? Bom se a resposta a estas duas perguntas foi não, então teríamos que decidir por um banco de dados open source que já vem instalado por padrão na maioria dos servidores de nuvem pública.

Se as respostas forem SIM, bom ai temos que analisar o orçamento, temos como pagar pelas licenças do banco de dados escolhido? Sim podemos? Então já temos um caminho a seguir.

Como disse acima a pergunta não é um banco de dados especifico e sim o que mais se adequar aos requisitos técnicos do projeto.

Sim é simples assim procure entender os seus objetivos e com certeza você vai fazer a escolha correta.

Não concorda? Concorda? Deixe sua opinião nos comentários vamos continuar o debate.

Vamos sempre conversar mais sobre o assunto aqui nos comentários. Comentem, comentem e comentem até breve!!!!

Curtam e se inscrevam no nosso canal do Youtube!

Seja um E-Channel!

Curta nossa Fanpage!!!!